Post em destaque

Fernando de Noronha gastando pouco

Imagem
Todos sabem que a finalidade deste site é relatar as viagens que nós fazemos de carro. Só que vou abrir o precedente agora. Sempre que viajarmos e tivermos informações úteis pra compartilhar vou colocar por aqui, independentemente do meio escolhido pra isso. Então confira agora o bônus track da nossa viagem ao Nordeste: Fernando de Noronha.

[sancho]

Dia 3 - Por Assunção/PAR

Salve, rapeize.

Seguindo o baile, hoje é dia de dar uma volta por Assunção. Pra evitar contratempos com o trânsito da capital, resolvemos dar uma pernada pela cidade, sem pegar carro, taxi ou busão, e sem muito planejamento mesmo. Depois do café da manhã no hostel, saímos em direção a Costanera, que é a orla da cidade. A orla é bonita, mas estava deserta. Claro, era segunda-feira, cedo, não tinha muita gente rodando por ali, mesmo. Bem diferente de ontem, quando fizemos um tour express à noite por aqui e tinha gente pra caramba. Pensamos em alugar umas bikes, pois ontem havia essa opção na Costanera, porém como estávamos longe para ir caminhando e sem ter certeza que estaria aberto, abortamos essa missão e só passeamos à pé. Ah, fato a ser destacado: aqui o sol é companheiro inseparável.




Depois da Costanera, em aproximadamente meia horinha caminhando chegamos ao charmoso bairro Loma San Jerónimo. Ele é um dos mais antigos da cidade e em 2013 foi transformado em bairro turístico. E não precisa de muita coisa pra transformar qualquer bairro num Loma San Jerónimo, não. O que fizeram aqui foi deixar as casas coloridas, com cores vibrantes, abriram aluns pequenos negócios como bares, restaurantes, mirante, galeria de arte, padronizando a sinalização para estes e pronto. É mais ou menos isso. O resultado é bem agradável. É bom andar por suas ruas e sentir o clima. Pena ser uma segunda-feira de manhã, quando os negócios ainda não estavam abertos, e não pudemos ver qualé a real. Vale a visita.

Já era perto de meio dia quando a fome apertou. Voltamos em direção ao centro pra pegar um rango. A escolha hoje foi vegana e todos fomos ao Pink Cow. Muito bom o restaurante e a comida, também. Rolou hamburguer de mandioca e nhoque. Todos bem saborosos.

Como o passeio hoje começou cedo, voltamos pro hostel após o almoço, tirar um cochilo. No começo da noite rolou um cineminha de leve no hostel e na sequência saímos pra tomar umas e pegar um rango. Rapidinho o dia passou. Agora só amanhã.

Abrax,

Cabeça

P.S.: Sem fotos ainda. Quando pegarmos uma conexão de internet mais rápida, eu faço. Enquanto isso, dá um confere no que tem no instagram.com/comendoestrada

-------------------------------------------

Dados de Bordo:

Alimentação:
Gs 173000 =~ R$ 115, para os quatro, no Pink Cow

Hospedagem: Hostel Gallagher
US$ 53, para quatro pessoas, por dia, em quarto quádruplo.

Postagens mais visitadas deste blog

14/06 - 2º dia » de Joanesburgo a Durban (Africa do Sul)