Post em destaque

Fernando de Noronha gastando pouco

Imagem
Todos sabem que a finalidade deste site é relatar as viagens que nós fazemos de carro. Só que vou abrir o precedente agora. Sempre que viajarmos e tivermos informações úteis pra compartilhar vou colocar por aqui, independentemente do meio escolhido pra isso. Então confira agora o bônus track da nossa viagem ao Nordeste: Fernando de Noronha.

[sancho]

22/06 - 10º dia » de Mossel Bay a Cape Town

Salve, salve!

Olhaí o décimo dia na área. O dia em que finalmente chegaremos ao fim da rodovia N2, na Cidade do Cabo. Como a gente tinha algumas coisas compradas em supermercado, fizemos o nosso café da manhã por conta, já que no hostel não tinha, e zarpamos lá pelas 9 da matina.


[amanhecer em Mossel Bay]
Conforme dicas do nosso guia Helinton, o bom seria ir pela N2 até certo ponto e depois quebrar para o litoral, começando por Hermanus Beach.

 [pela N2]


 [calendário de padaria]

 [paisagem foda]


Hermanus é a uma das praias que constituem a Rota das Baleias. Infelizmente para essa época já havíamos sido alertados que seria impossível avistar alguma gigante por aqui dando sopa.





[no caminho passamos por swellendam]

Não foi problema. O clima tava bem bom, havia muitos turistas e tava rolando até um sonzinho numa pracinha. Demos um giro pelo centrinho aqui e fomos procurar um lugar pra comer.

 [hermanus]
 [meus brothers em ação]



Aqui tivemos uma das maiores evidências do quanto é vantajoso aproveitar a África do Sul. Depois de conferir os preços de alguns restaurantes encontramos um que tinha um cardápio especial, além do tradicional, por ser domingo, com a política do peça dois, pague um. O esquema 2x1 por si só já é interessante. Além disso, os pratos que faziam parte desse menu especial eram interessantíssimos. Pedimos um talharim com frutos do mar e um risoto indiano. Como foram dois pratos diferentes, pagamos o valor do mais caro, no caso o risoto, que custava 110 rand. R$ 23,00 pelos dois pratos, ou R$11,50 por cada. Pra mim, excelente. Pratos bem elaborados, num restaurante com vista pro mar. Valeu muito a pena.

 [R$ 23 por toda essa comida aí...]

Na saída, mais um giro por Hermanus e uma paradinha num mirante pra tentar ver se alguma baleia dava as caras por aqui. 0 x 0...

Depois, mais estrada. Só que agora, de Hermanus até Cidade do Cabo, via Betty's Bay, o caminho é quase todo feito beirando o mar. Um visual mais foda que o outro.





 [tem muito o que falar, não]




A correria era pra chegar em Cidade do Cabo antes do anoitecer pra tentar pegar um por-do-sol massa que também foi indicado pelo Helinton, no Signal Hill.

 [chegando em cape town]

O sol iria se por às 17:40 e chegamos em CapeTown às 17:10. Com o GPS na mão chegamos ao Signal Hill facilmente. Lá, no topo do morro, uma galera reunida esperando por esse espetáculo que acontece invariavelmente todos os dias e que mesmo assim consegue emocionar --ainda bem.

 [signal hill]

[tamo alto. ó um prédio lá embaixo]

Nós já vimos alguns "poresdesóis" fodas pra caralho. Mas aqui na África do Sul o que temos visto, e o que ainda está por vir e por ver, é realmente especial.

Curtimos o pordosol e fomos ao hostel deixar as coisas e procurar um lugar pra comer. No Green Point, que é onde estamos hospedados, tem muita opção de lazer. A uma quadra fica uma das principais avenidas do bairro, que está cheia de hoteis, bares e restaurantes. Escolhemos um de comida asiática e traçamos um pad thai.

 [pad thai no simply asia]

Após o rango, uma cervejinha pra comemorar a chegada e cama!

Abrax!

---------------------

Dados de Bordo:

Km rodados: 450
Abastecimentos: 1 (Mossel Bay) - 390 rand (~R$ 85)

Estrada
Rodovia N2 até depois de Riviersonderend. Pista simples. Excelente asfalto e sinalização.
R326 até Stanford, depois R43 até Hermanus. Condição muito boa, também.
Depois de Hermanus, R44, sentido Betty's Bay. Com certeza tá entre a top 3 das rodovias que já dirigi. Coisa de cinema esse trecho passando por Rooi-Els.
Pedágios: 0

Hospedagem
Big Blue Backpackers Lodge [Cape Town] - 2450 rand (~R$ 540. Sete diárias, pro casal), estacionamento na rua, em frente ao hostel. Sem café da manhã. Banheiro compartilhado.

Alimentação
Almoço: LemonButta, Hermanus. Coisa finíssima por um preço que nunca vi - 110 rand (~R$ 23), pros dois, sem as bebidas.
Jantar no Simply Asia, Cape Town - Não vou lembrar o preço, mas dá uma olhada no cardápio aí que tu pode ter ideia. Não é caro.

Postagens mais visitadas deste blog

14/06 - 2º dia » de Joanesburgo a Durban (Africa do Sul)