Post em destaque

Fernando de Noronha gastando pouco

Imagem
Todos sabem que a finalidade deste site é relatar as viagens que nós fazemos de carro. Só que vou abrir o precedente agora. Sempre que viajarmos e tivermos informações úteis pra compartilhar vou colocar por aqui, independentemente do meio escolhido pra isso. Então confira agora o bônus track da nossa viagem ao Nordeste: Fernando de Noronha.

[sancho]

18/01 - 23º dia » de Tuacarembó/URU a Imbituba/SC

Penúltimo dia de viagem chegando. Olhaí, que beleza! E você achando que essa era uma viagem sem fim...

Saímos de Tacuarembó por volta das 10 da matina. A intenção inicial de hoje era chegar em Porto Alegre ao fim do dia. Se rolasse uma disposição maior, esticaríamos um pouco mais.

[tacuarembó pelo dia]

Optamos por sair do Uruguai pela divisa Rio Branco/Jaguarão. Pegamos a Ruta 26. Nessa altura, a rodovia já apresentava uma melhor condição de direção, com boa sinalização e asfalto bom.

 [passando por melo/uru]

Pouco antes da divisa, uma passagem pela aduana pra formalizar a saída do Uruguai. Procedimento simples, rápido, sem filas.

 [aduana uruguaia, em rio branco]


Chegando na divisa, fomos dar uma volta no Duty Free de Rio Branco e comprar as últimas quinquilharias antes do regresso ao Brasil. Os preços aqui são bons e os Duty Frees oferecem bons e variados produtos, como o Duty Free Americas. Apesar de movimentado, o atendimento nas lojas foi rápido. Aqui é possível pagar nas três moedas, Real, Dólar e Peso Uruguaio, além de aceitar cartões de crédito.

 [rua dos duty frees. adiante a ponte que liga os dois países, uru/bra]

[interior de um duty free]

 [atravessando a ponte]

Após as compras, fomos pegar o rango em Jaguarão, já no Brasil, pois a fome já batia há tempo. Pelo adiantado da hora, muitos restaurantes já estavam fechados. Mas achamos um buffet livre aberto, com preço bom e o principal: feijão! Fizemos a festa.

[jaguarão, já do lado brasileiro]


Sem muito guéri-guéri, agora é estrada pra que te quero. Jaguarão é onde tem início (ou onde termina) a BR-116. Seguimos por ela até Porto Alegre. Lembrando que de Pelotas pra Porto Alegre as obras de duplicação dessa rodovia já estão bem adiantadas. Em breve teremos mais um tapetaço à disposição pra singrar os mares do sul.


Passamos por Porto Alegre no começo da noite, após rodar mais de 650 Km. Como tava tranquilo e a vontade de chegar era maior, resolvemos ir adiante até Imbituba. E assim foi.

Chegamos em Imbituba quase meia-noite, de volta do recanto do Bené e da Cíntia. Um pouco de prosa, um bom banho e cama. Amanhã tamo em casa!

Fujam!

---

Dados de Bordo (uma hora sai...)

Postagens mais visitadas deste blog

14/06 - 2º dia » de Joanesburgo a Durban (Africa do Sul)