Post em destaque

Fernando de Noronha gastando pouco

Imagem
Todos sabem que a finalidade deste site é relatar as viagens que nós fazemos de carro. Só que vou abrir o precedente agora. Sempre que viajarmos e tivermos informações úteis pra compartilhar vou colocar por aqui, independentemente do meio escolhido pra isso. Então confira agora o bônus track da nossa viagem ao Nordeste: Fernando de Noronha.

[sancho]

01/01 - 6º dia » Puerto Madryn/ARG hasta Caleta Olivia/ARG

Dia de ressaca, eu levantei às 10:10, não perturbei ninguém, afinal, o descanso é necesário. Café da manhã pobrezinho, muito diferente da ceia no dia anterior. Também, quem aguentaria comer bem depois de tudo aquilo?




A maior parte das pessoas começou a levantar às 11:00 e alguns já foram se despedindo conforme rumavam para a estrada novamente. Conosco não foi diferente, só que com o porta-malas um pouco mais vazio de roupas, que agora nos equipavam contra o vento forte e temperaturas, finalmente, abaixo de 20 graus.

[Quase chegando no padrão Galeguinho "LegoBoy" Previdi de qualidade!]

Não muito depois de sairmos da cidade paramos em um posto YPF para calibrar os pneus e comprarmos um lanche para comer na estrada. Levemente arrependidos pela qualidade do lanche e do atendimento, mas pelo menos de estômagos cheios, mudamos de planos de ficar em Comodoro Rivadavia devido a sugestões de outros viajantes.

[Chegando em Comodoro, mas não colocarei mais fotos de um lugar que não ficamos. Tá bom já, né?]




[Muitas fotos de estradas bonitas, mas essa paisagem é minoria! A maior parte são as retas intermináveis]

[Trecho com asfalto necessitando de reparos]
Olhando o mapa e ponderando as sugestões, decidimos por ficar em Caleta Olivia. Cidadezinha costeira que não pudemos conhecer com atenção devido ao adiantado da hora e necessidade de encontrar hospedagem, que aliás, não encontramos hostels, apenas hotéis. Por fim, ficamos no Hotel Patagonia, na saída da cidade. Bom nível: vidros duplos, calefação de qualidade, mobiliário em ótimo estado, bem limpinho e confortável.


Em seguida demos uma passeada pela orla e pelo centro para curtir o visual e ver se encontrávamos um bom lugar para jantar.

[El Gorosito: monumento ao operário petrolífero. Estátua bem grandinha!]






Nada de especial, acabamos por jantar no hotel mesmo. Comida deliciosa e por um preço acessível, pelo menos para os padrões patagônicos, que já descobrimos ser bem mais altos que os do norte do país. Depois disso é só se preparar para os 700km do dia seguinte e cama!


[Esse hotel com vista para o mar foi perfeito!]



Vitor


----------------------
Dados de Bordo:
Km rodados: 560
Abastecimentos: 1
Gastos com abastecimento: 41l, 295 pesos (~R$118) em Comodoro Rivadavia


Estrada
Trecho com alguns buracos entre Comodoro Rivadavia e Coleta Olivia. O resto em bom estado.

Hospedagem
Hotel Patagonia - 700 pesos (~R$280) em um quarto quádruplo.

Alimentação
Combo de milanesa (pão com milanesa, refri 500ml e batatas fritas) no posto YPF: 56 pesos (~R$22,40) cada
Janta no La Costanera (faz parte do hotel Patagonia): 408 pesos (~R$163,20) total.

Postagens mais visitadas deste blog

14/06 - 2º dia » de Joanesburgo a Durban (Africa do Sul)