segunda-feira, 9 de maio de 2016

Dia 15 - De Iquique/CHI a Arequipa/PER

Comequié?!

[30/04] Dia 15 - Iquique/CHI ~ Arequipa/PER
E segue o baile. Hoje é dia de estrada. Vamos fazer nosso ziriguidum até Arequipa, no Perú. A viagem vai seguindo sem um rumo certo. Depois dos episódios dos perregues, não sabemos ao certo por onde andaremos. Ao chegar em Iquique decidimos que iríamos até Arequipa, uma cidade que fica ao pé de alguns vulcões no sul do Perú. Quanto a Iquique, é uma cidade que merece um retorno. Particularmente, como curto praia, a cidade se mostrou uma opção interessante pro turista que quer aproveitar o pacífico chileno.

domingo, 8 de maio de 2016

Dia 14 - Por Iquique/CHI

Salve!

[29/04] Dia 14 - Por Iquique/CHI
Dia de sol no litoral do pacífico é dia bom pra curtir o mar, claro. Tomamos café do hostel e atravessamos a rua pra curtir a praia. Vale dizer que o café da manhã no Chile, assim como na Argentina, em geral é pão, geleia, manteiga, café, chá e leite. Dessa forma, sempre que dá damos uma complementada com produtos nossos, como queijo, presunto, etc.

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Dias 12 e 13 - De Salta/ARG a Iquique/CHI

E aí?! Tenho que aproveitar que o WiFi aqui no Chile é uma bala e tirar o atraso.

[27/04] Dia 12 - Salta/ARG ~ Calama/CHI
Acho que pela primeira vez nessa viagem saímos realmente cedo. Tudo bem. Talvez não precisamos sair cedo das outras vezes. O que importa é que decidimos sair cedo de Salta e realmente saímos. 7:55 pode não ser cedo pra você, filho ingrato, mas pro nosso grupo é sim. Portanto, pegamos a estrada para a região da Quebrada de Humahuaca mais uma vez --terceira nessa viagem-- e entramos na RN 52, sentido Paso de Jama, divisa com o Chile. Decidimos na noite anterior que a viagem teria um destino incerto. E o primeiro deles seria Iquique, no Chile.

Dia 11 - Por Salta/ARG

Comequié?!

[26/04] Dia 11 - Por Salta/ARG
A partir de agora estamos oficialmente sem rumo. Fomos para Salta para colocar o Zidane na revisão antes de continuar sua jornada. Diante desse retorno e não planejado, Salta caiu de para-quedas no nosso colo. Como chegamos à noite, só vimos o clarão da cidade e percebemos que ela era gigantesca. De fato, é: mais de 500 mil habitantes. Sabíamos que só tinhamos dois afazeres na cidade: revisão do carro e câmbio da moeda. O que mais tivéssemos que fazer aqui, era lucro. Sendo assim, fomos cedo a concessionária deixar o carro. O deixamos com a promessa de voltar às 17h e pegá-lo revisado e com a bronca da mangueira resolvida.

Dias 7, 8, 9 e 10 - De Jujuy/ARG a Salta/ARG (+Quebrada de Humahuaca)

Salve!

Bom, peço desculpas, inicialmente, pelo atraso dos posts. Ocorre que a Internet por onde estamos passando não é muito boa. Oscila muito ou pega somente em regiões específicas do hostel, que não no nosso quarto.

Desculpa dada, hora de de retomar o diário. Como os próximos quatro dias foram dias de estrada, ou seja, aproveitamos o que há pelo caminho entre as cidades, chegamos no destino, dormimos e saímos, vou sintetizar esse post, também. Serão quatro dias em um post só. Pode ser que fique longo, pois menciono não só o primeiro atrativo da viagem, a Quebrada de Humahuaca, como também os 3 perrengues que passamos, o que nos fez mexer um pouco no roteiro e na maneira como iríamos encarar a viagem daqui pra frente.

Boa leitura.

Dia 6 - Por Jujuy/ARG

E aí? Bora continuar a resenha.

[21/04] Dia 6 - Por Jujuy
Hoje é dia de dar uma volta por San Salvador de Jujuy. Capital da província de Jujuy, a cidade, também conhecida com Tacita de Plata, devido a sua topografia demarcada pelos rios Grande e Xibi-Xibi, é a mais populosa da província, com cerca de 250 mil habitantes. SSJ teve três fundações, sendo as duas primeiras destruídas pelos aborígenes da região e a última consta como do ano de 1593. Conta com uma moderna infraestrutura receptiva, com muitos hotéis, hostels, chalés, restaurantes, etc. Se eu tivesse me dado o trabalho de ler um pouco sobre a cidade antes de ir não teria tomado o susto que tomei ao ver seu tamanho.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Dias 4 e 5 - De Assunção/PAR a Jujuy/ARG

E aí!? Na paz?

[19/04] Dia 4 - Assunção/PAR ~ Napenay/ARG
Hoje é dia de se despedir do Paraguai. Ontem conversamos sobre a impressão de cada um sobre o país, mais precisamente sobre o que sentimos de Assunção nesses dois dias que ficamos aqui. Bom, falo por mim, achei que o lugar merece uma visita. Tive contato com pessoas educadas e simpáticas; não achei caro para se alimentar, nem pra beber; achei a Costanera uma boa opção de lazer. Se tivesse mais uns dois dias aqui conheceria o Lago Ypacaraí, a 40Km da capital e conheceria os museus para me inteirar um pouco mais sobre a história dos nossos vizinhos. Fia pra próxima.